Ninguém entendeu ainda: vai dar merda!

Olhem para a imagem abaixo:19145907307037

Viu algo de estranho? Algum objeto saindo da parede? Ou alguma pedra fincada num buraco? Bem, isso não é tão importante, o que interessa para a discussão que se seguirá é que você reveja a imagem e saiba que onde parece haver um buraco, na verdade, há um charuto.

O que quero que você faça, a partir do momento em que viu o charuto, é que tente “desver” esse charuto, isto é, tente desviar sua atenção ao olhar para a imagem de forma que você não mais veja o charuto, como antes. Digo logo que isso é uma tarefa bem difícil, você precisa desconsiderar um série de coisas que agora você considera.

O objetivo desse exercício é que você passe a entender o que significa o termo “noção”. Quando digo, por exemplo, que tenho noção de distância, ou noção de moral, isso significa que possuo uma grande capacidade de medir distâncias e de julgar ações moralmente, respectivamente. Quando você passou a ver o charuto você ganhou uma noção, algo que dificilmente poderá se desvencilhar. Ao adquirir uma determinada noção a pessoa jamais conseguirá olhar para o mundo da mesma maneira que olhava antes, a não ser que faça um esforço para desconsiderar tudo o que sabe, ou seja, a não ser que a pessoa suprima sua reflexão.

O tema que muito me assusta e me deixa deprimido é o do meio ambiente. Como podemos ver, as pessoas ainda não conquistaram uma tal noção dos malefícios que a ação humana pode causar no nosso planeta. De outra forma, as pessoas ainda não viram a droga do charuto na parede, ainda não conquistaram a noção de que esse processo de consumo descontrolado não é nada bom para as diversas formas de vida do nosso planeta, e muito menos para nós humanos. Pode até ser também que essas pessoas sejam simplesmente irreflexivas, o que já seria o suficiente para explicar tudo.

Sabe aquele asteroide que causou a extinção de 75% das espécies de seres vivos na terra, incluindo os dinossauros, há 66 milhões de anos? Então, nós somos o asteroide da nossa época (ative a legenda em português):

 

É sério, parem de usar copos descartáveis!

O caso é que as informações estão ai a vista, fáceis de alcançar. Jornais, revistas, seja em mídia online ou física, todos os dias, há anos mostram os impactos das nossas ações. Todos sabem dos males causados pelo uso indiscriminado dos recursos naturais, porém, poucos entendem que esse mal se dá cotidianamente, nas nossas ações mais simples e diárias. Parece que ninguém entendeu, ou, pelo menos, não uma fração significativa da população, por exemplo, que usar diariamente materiais descartáveis não faz o menor sentido frente aos impactos causados por tal uso. O problema é esse, apesar de terem a informação, ainda não se assimilou a noção. Pouquíssimas pessoas estão realmente dispostas a fazer algum sacrifício deixando algumas comodidades de lado e tentando agir de forma consciente e reflexiva.

É realmente assustador para quem possui a noção necessárias para ver que estamos enfiando um charuto na nossa própria casa (para não dizer coisa pior). O humorista piauiense João Claudio Moreno fala muito bem desse panorama devastador que deixa qualquer com alguma capacidade reflexiva, no mínimo, desacreditado e, no caso dele, deprimido.

“O futuro é sombrio e a maior parte das pessoas não está sabendo disso […] não se pensa. Tendo consciência do que eu sou, do que me espera e do futuro da humanidade, se eu não ficasse deprimido, eu seria doido”.

Caso ainda reste algum dúvida sobre o que eu estou querendo dizer aqui, é basicamente que se continuarmos agindo da maneira que agimos, não levando em consideração os impactos que nossas ações diárias causam num panorama maior, se não pudermos fazer nenhum esforço em nome de um bem que seja maior do que a nossa comodidade, isso vai dá uma merda bem grande!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: